quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Na Internet, falando sobre a Internet. :/



Quando eu tinha acabado de me alfabetizar, eu conheci a primeira "Internet". Não lembro
como era era o nome, mas meu tio conectava o seu super 286 ao telefone do meu avô. Depois de
um tempo aparecia no monitor em belas letras verdes os nicks das pessoas que estavam online (mesmo que naquela época não se dissesse nicks, tão pouco online).
Você podia escolher alguém e mandar uma mensagem escrita, depois de uma meia hora se a
pessoa te respondesse, aparecia um * ao lado do nick a assim vcs podiam conversar. Era muito
lento, muito mesmo, pior que internet discada, muito pior. Como quase toda criança eu não
tinha paciência e resolvi me corresponder com dez, doze, quantas pessoas eu conseguisse.
Quando meu tio voltou para ver como eu ia indo tinha vários nicks com resposta para mim, e
ele ficou surpreso com a quantidade de gente que eu conseguia conversar ao mesmo tempo, infelizmente, pelo excesso de gente ou por puro azar meu o computador teve um tilt e não consegui acabar minhas inúmeras conversas. Mal sabiam aquelas pessoas que estavam pagando caro,(e era caro mesmo na época) para conversar com uma menina de nem 10 anos.

Nada mudou, quando me falaram da Internet e hoje em dia, acho q é tudo mais bonito, mais
rápido mais ainda é igualzinho na essência àquele programinha dos anos 90. Não me lembro o
nome dele mais assim que lembrar ponho o nome em um comentário, quem sabe encontro algum
amigo cibernético de quinze anos atrás.

Do icq ao orkut e da carta ao email, tudo no fundo é a mesma coisa. O orkut parece uma
agenda de menina daquelas bem coloridas, os blogs também, como os diários tradicionais agora
ao invés de trancados com chavinhas, anunciados aos quatro ventos.Eu ainda tenho diários de papel, comecei o primeiro com 11 anos e já estou no 5º, escrevo as vezes, de dois em dois meses mais ou menos, gosto do cheiro do papel, dos ursinhos desenhados nos cantos da página, de escolher uma caneta bem bonita, fazer um desenho ou colar um adesivo no final.

Eu também guardei um caderno de perguntas da época da escola, um daqueles bem tradicionais, com as perguntas: O que você acha da aids, o que você acha do aborto, e se você está gostando de alguém.E o gande final, deixe um recado para a dona desse caderno...Os recados incluem seja mais você, versinhos e poemas.
Os meninos quase nunca respondiam a esses cadernos, das 32 pessoas que responderam o meu,
meia dúzia eram meninos, e eles sempre escrachavam, com piadas bobas, desenhos do Bart e de
brasões de futebol...

Uma amiga minha tinha um caderno que era o melhor, entre os pré adolescentes um amigo
nosso quatro anos mais novo também respondeu, tentando acompanhar os meninos mais velhos,
mais sem muita informação, deu a pergunta "qual é seu sonho?" a seguinte resposta: " bater
uma boquete em cima de uma menina" haviam outras piores, que não me lembro agora.

Quando será que vão fazer um site tipo caderno de perguntas, cada um faz o seu, seleciona
suas perguntas e manda seus amigos responderem. É uma boa idéia não? Afinal não falta muita
coisa para ser feita pelo computador vamos ver o que já é possível fazer:
Sexo, Compras, pagar as contas, assistir um filme, ouvir música, bater papo, encontrar amigos, ver fotos, ver as notícias, saber a previsão do tempo... Que coisas mais existem que ainda não foram transformadas e adaptadas para caberem em um computador?

6 comentários:

Emerson disse...

Acredito que daqui uns 10 anos haverá uma fusão muito grande. TV, radio e Computador. Muita interatividade para os usuarios. RUMO AOS ANOS 2018...

Marcela Prado disse...

o emerson comentou. q fofo, gente.

Eu me lembro da primeira vez que entrei em um bate-papo.
Maior legal. Em pouco tempo eu tinha vários amigos e até namorados virtuais.
Ei, a gente não ficou de escrever sobre nossos namorados virtuais?

.leticia santinon disse...

Faça umas perguntas aí no seu blog, tipo o caderno, aí as pessoas respondem nos comentários.

Não é bem o que você sugeriu, mas já é um início.

Juliana Cruz disse...

metalinguistica?

sei la, conheci a internet meio tarde. demorou pra ter computador aqui em casa, viu...rs

hj nao consigo viver sem. é um vicio dos mais despreziveis. queria poder escrever uma tese sem o google, mas o comodismo me fez esquecer como pesquisar coisas em livros...

Carol Campregher disse...

Antes de eu conseguir fazer algo parecido alguem me passa na rente, quando inventarem o carderno de perguntas online posto aqui.
Escrever sobre namorados virtuais? Vou ver aqui, é um tem delicado, heheheh.

Anônimo disse...

This is small amount of money but is valuable in the times of its requirements. The due amount is electronically sent to the bank address of any borrowers. Extra fees are also to be paid if they secure any file format in the repayment program. They are finances which may easily be utilized for resolving your financial troubles. [url=http://fastonlinepayday.co.uk/]http://fastonlinepayday.co.uk/ [/url] payday loan uk , 'v5R