quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Os Apertados


Estava eu, o Emerson e O Angelo fazendo nossa rotineira compra no Carrefour, quando quase
na hora de passar no caixa, o Angelo quis ir ao banheiro. Até então tudo normal, as
chances dele ficar apertado no meio das compras eu diria que são de aproximadamente 64%.

Para quem não tem criança pequena (<7), ou já se esqueceu, criança não pode esperar muito, eles
ficam apertados derrepente, do nada, e não um pouco, mas super apertadas.

Deixei o Emerson dentro do mercado e fui até o banheiro com o Angelo, levei ele até a
porta do banheiro masculino, por que ele não vai mais no banheiro feminino comigo a algum
tempo, não por minha culpa, ele que faz questão de respeitar as plaquinhas.

Chegando a porta do banheiro feminino chegava possivel imagem no mundo bizarro do super homem:
Um pai e sua pequena filhinha que muito apertada, não queria ir no banheiro masculino com o pai.

Ele ficou lá parado em frente a porta comigo, esperando. Eu sorri e disse: - É duro quando nasce
invertido né? (Sim frase péssima, mas fazia sentido), e não resisti a comentar tamanha
conhecidência .

Nisso, a menina veio na porta, reclamar para o pai que não estava alcançando o protetor de
vaso, enquanto o pai se controlava para não entrar no banheiro feminino para ajudar a
pequena, no mesmo instante o Angelo veo a porta reclamar para mim que não alcançava... O pai
interrompeu, e me perguntou vamos trocar? Eu concordei e rápidamente fomos ajudá-los a
alcançar as coisas e se virarem em um banheiro feito para adultos.

Conversei com a menina, que disse que ia acampar com a escola e tals, ajudei ela a lavar as mãos e na porta troquei-a novamente pelo meu filho. Agradeci, sugeri que fizessemos isso mais vezes, me despedi e voltei as compras.

Um comentário:

Marcela disse...

e se ele fosse um pedófilo?????? Um sequestrador???
Sua louca!