quinta-feira, 3 de abril de 2008

_____ROCK and ROLL____




Quando eu tinha uns 15 anos adorava ir em shows de rock.

Eu ia sempre que podia, e fui em vários, até que fui enjoando,
a chegar no ponto de em que estou,
só vou em show se não for muito caro,
de uma banda ou artista que eu
goste muito, que eu possa ficar confortável,
e de preferência sentada.

Claro que por essas exigências
praticamente parei de frequentar tais
acontecimentos.

Hoje mais de dez anos depois da minha época de "tiéti",
casada e com um filho,
parei para pensar em como ter um filho
é parecido com um show de rock.

É sempre barulhento, muito barulhento, e embora eu tenha um filho só,
não consigo ficar cinco minutos em uma sala 4x5 sem levar um pisão no pé,
uma trombada. Não consigo falar no telefone, nem ver tv por que sempre tem
"alguém" na frente,gritando, pulando,
jogando coisas que, vez em quando me acertam.
E esse é o dia a dia de um show mais calmo, basta uma criança a mais ou
duas, para você estar em um show de um mega star ,no estádio super lotado.

Deve ser por isso, pelo jeito que ficou minha vida, que não consigo
entender, como EU GOSTAVA de ir nos shows.
Eu acordava mais CEDO nos DOMINGO, ANDAVA,
pegava um ÔNIBUS ELÉLTRICO, até um bairro no fim do mundo,
enfrentava FILA, FOME, CHUVA e SOL.
Ficava HORAS esperando para ficar mais perto do palco,
ouvindo repetidamente cds do nirvana, red hot, entre outros.
Para ter uma hora e pouco de show,
em meio a PISÕES, RODAS DE SOCOS, GRITOS e EMPURRÕES.
Depois tomava um cerveja, um vinho, ANDAVA,
pegava uma LOTAÇÃO, um ÔNIBUS e METRÔ,
Chegava em casa quebrada, a noite, suja,
cheiade FOTOS mal tiradas e super contente. Sim super contente, eu adorava...

Mal sabia eu,
que era esse o melhor treinamento que tive para ser mãe.

2 comentários:

Marcela disse...

Sabia que roda de soco aqui em Minas é bolinho de arroz?

disse...

Eu não gosto de ir a shows, só os mais sossegados, os super festivais me cansam tannnnnnnnto! Deve ser por isso que não sirvo para ser mãe.